unraccord

sexo no cinema europeu


Para que não se pense que a vida é só filmes, livros, música e outras coisas inúteis.
Aqui está a prova científica que faltava, a melhor análise de sempre 
aos planos cinematográficos de sete cineastas de referência europeus.
Do plano ejaculatório precoce ao plano de resistência tântrica.
Resta sublinhar que nenhum realizador norte-americano
 entrou nesta análise rigorosa, pois não cumpriam os requisitos mínimos 
de planos superiores a (ASL) > / = 1,5 segundos.
Não percebo porque é que o público não admira o cinema europeu.