unraccord

"temos de nos distrair da morte e não sabemos muito bem como."




La Chinoise (1967) de Jean-Luc Godard

o título deste post é uma frase do texto "Antes de mais" do nº 1 da revista Telhados de Vidro (Ed. Averno) e pertence ao poeta Manuel de Freitas