unraccord

Salto no Vazio

um excelente exemplo da diferença entre obra de arte e registo fotográfico, isto é, a utilização da ferramenta câmara fotográfica para registar e fixar uma obra de arte, um concepção artística, que de outra forma não passaria de um happening. Ainda há uma terceira imagem que não se vê, que muito provavelmente não existe fisicamente, mas que se forma mentalmente no cérebro. A fotografia da pessoa que registou com a câmara fotográfica, o fotógrafo que regista a encenação do acto artístico. E assim sucessivamente, num ersatz, impossível de se saber qual é a imagem original, como o mistério do pecado.

Douglas Fogle desenvolve este assunto aqui: http://imagineallthepeople.info/Fogle.pdf


"Saut dans le vide", 1960 de Yves Klein (França, 1928-1962)