unraccord

Habemus Papam

Temos Papa / Habemus Papam (Itália, 2011) de Nanni Moretti

Temos filme, e um grandioso actor, Michel Picolli, que ao carregar a angústia de um homem velho perante uma grande responsabilidade, transpira uma humanidade ingénua e sábia, própria dos que sabem envelhecer e que unicamente buscam a paz e rejeitam a glória e o poder. Neste filme, num tom de irónica comédia, Moretti trata os cardeais no Vaticano como rapazinhos a brincar no recreio e discretamente envia uma subtil mensagem de humanidade à igreja católica.