unraccord

Obrigado, João Bénard da Costa

As paixões pelo cinema, pintura, literatura, as mulheres... tanta vida partilhei com este grande homem ao ler os seus textos em livros, nas crónicas do jornais e revistas, a vê-lo a apresentar filmes na tv, nas várias entrevistas, nas poucas vezes que me cruzei com ele, sem nunca ter tido a coragem de lhe falar, de me apresentar, tal era a sua enorme sabedoria. A excelente direcção e programação na Cinemateca Portuguesa longe de mim e que eu tanto desejava habitar. Um mestre insubstituível. Por causa dele, também eu utilizo a linda expressão "Os filmes da minha vida". Foi ele que me disse que só o Cinema nos dá a ver os milagres.












foto de António Pedro Ferreira